Notice: Trying to access array offset on value of type bool in /var/www/html/wp-content/plugins/elementor-pro/modules/dynamic-tags/tags/post-featured-image.php on line 36

Notice: Trying to access array offset on value of type bool in /var/www/html/wp-content/plugins/elementor-pro/modules/dynamic-tags/tags/post-featured-image.php on line 36

Notice: Trying to access array offset on value of type bool in /var/www/html/wp-content/plugins/elementor-pro/modules/dynamic-tags/tags/post-featured-image.php on line 36

Notice: Trying to access array offset on value of type bool in /var/www/html/wp-content/plugins/elementor-pro/modules/dynamic-tags/tags/post-featured-image.php on line 36

Notícias e Eventos

Aluna do Colégio Objetivo alcança 1º lugar em Rondônia na primeira fase da XII Olimpíada Brasileira de Biologia


Notice: Trying to access array offset on value of type bool in /var/www/html/wp-content/plugins/elementor-pro/modules/dynamic-tags/tags/post-featured-image.php on line 36

Júlia Bier Suriano é aluna da 1ª série do Ensino Médio Mais do Colégio Objetivo e começou a ter Biologia na grade curricular apenas em este ano, mas já estudou tempo suficiente para mostrar o seu potencial. A estudante de 15 anos alcançou o 1º lugar em Rondônia na primeira fase da XII Olimpíada Brasileira de Biologia.

A jovem ficou sabendo das Olimpíadas Científicas no começo do ano por meio da coordenação do colégio. Além disso, Júlia foi informada que o Objetivo ofereceria aulas preparatórias aos alunos. “Eu decidi começar a me preparar mais para aquelas do meu interesse e uma delas foi Biologia, o que foi um certo desafio. Como eu estou na 1ª série, esse é o primeiro ano que eu tenho Biologia na escola, apesar de já ter estudado Ciências no Ensino Fundamental”, conta.

No preparo para a prova, Júlia conta que o conteúdo aplicado em sala de aula e a resolução de provas anteriores foram essenciais. “Com o apoio da escola e o preparo independente eu ganhei confiança para fazer a prova e consegui um resultado bastante satisfatório”, relata. Ainda segundo Júlia, esta não será a única Olimpíada Científica da qual irá participar. “As outras ainda estão por vir e eu pretendo fazer as Olimpíadas de Física, Astronomia, Química e quem sabe até Matemática”, afirma.

Em relação à segunda fase da prova, Júlia conta que é mais longa do que a primeira. Enquanto a primeira tem 30 questões, a segunda tem 120, e o conteúdo é cobrado de uma forma mais específica e, consequentemente, mais elaborada. Ao final, apenas 15 estudantes são escolhidos para participar da terceira fase em São Paulo no Instituto Butantan, que realiza a prova. “Pretendo dar o meu melhor e fazer o possível pra colocar em prática todo o conhecimento que eu adquiri, ainda que seja bastante concorrido”, garante.

O coordenador do Ensino Médio Mais do Colégio Objetivo, Philip Auzier, destaca a importância de estimular os alunos a participarem deste tipo de atividade para que os alunos se desenvolvam em um nível um pouco mais elevado do que o Enem e os principais vestibulares permitem, e compara a preparação de um estudante com a preparação de um atleta. “O objetivo de um atleta é se preparar para competições como as Olimpíadas, elas são o parâmetro. Desta forma a gente prepara nossos alunos para as Olimpíadas Científicas. Elas representam uma competição onde os alunos serão submetidos a níveis de questões e a uma competitividade muito maior do que nos vestibulares”, aponta.

A segunda fase da competição acontecerá no dia 7 de maio e Philip garante total apoio a Júlia na preparação. “Ela será acompanhada pela nossa equipe de professores para que consiga continuar os estudos voltados à prova, inclusive com a realização de experimentos científicos que aparecem na segunda fase da Olimpíada de Biologia”, afirma.

Está gostando do conteúdo? Compartilhe!

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Ao clicar em "Aceitar" você concorda com o uso dos cookies, termos e políticas do site.
Skip to content