Notice: Trying to access array offset on value of type bool in /var/www/html/wp-content/plugins/elementor-pro/modules/dynamic-tags/tags/post-featured-image.php on line 36

Notice: Trying to access array offset on value of type bool in /var/www/html/wp-content/plugins/elementor-pro/modules/dynamic-tags/tags/post-featured-image.php on line 36

Notice: Trying to access array offset on value of type bool in /var/www/html/wp-content/plugins/elementor-pro/modules/dynamic-tags/tags/post-featured-image.php on line 36

Notice: Trying to access array offset on value of type bool in /var/www/html/wp-content/plugins/elementor-pro/modules/dynamic-tags/tags/post-featured-image.php on line 36

Notícias e Eventos

Porto Velho, uma cidade quase centenária.


Notice: Trying to access array offset on value of type bool in /var/www/html/wp-content/plugins/elementor-pro/modules/dynamic-tags/tags/post-featured-image.php on line 36

Próxima
de se tornar uma cidade centenária, Porto Velho vive um grande momento
econômico, sendo uma das capitais que mais cresce economicamente no país,
masnão podemos falar o mesmo no quadro político. O “interesse” político pela
capital fica evidenciado, com a eleição 2012 – a mais concorrida da história da
capital. São 09 candidatos ao Palácio Tancredo Neves e 385 candidatos
disputando 21 cadeiras no Poder Legislativo.

Esse fato
poderia nos dar esperança de dias melhores para nossa tão maltrata da capital
(quem sabe) mas, infelizmente a maior parte dos políticos eleitos não são
nascidos na cidade ou no Estado,talvez por isso explique a atuação de alguns,
sem compromisso, sem projetos emuitas vezes legislando em causa própria e os
nascidos na terra deveriammostrar sua lealdade, compromisso, projetos e
honestidade. Vale apenas lembrarque  promessa em campanha política
 não é para ser  esquecida e sim cumprida  em beneficio da sociedade
independente da siglapartidária.

Pequena história

Pela Lei
741 de 30 de outubro de 1913 na administração do Governador do Amazonas
Jonathas de Freitas Pedrosa (1840-1922) é criado o termo Porto Velho anexo à
Comarca de Humaitá.

A LEI Nº 757 DE 2 DE OUTUBRO DE 1914 (grafiada
época)

Crea o municipio de Porto Velho, com séde na
povoação do mesmo nome, à margem direita dorio Madeira, e dá outras
providencias.

O DR. JONATHAS DE FREITASPEDROSA, Governador do
Estado do Amazonas, etc. Faço saber a todos os seushabitantes que a Assembléa
Legislativa do Estado decretou e eu sanccionei aseguinte LEI :

Art. 1º – Fica creado omunicipio de Porto Velho,
com séde na povoação do mesmo nome, á margem direitado rio Madeira, tendo os
limites estabelecidos pelo Decreto nº 1063 de 17 deMarço do corrente anno para
aquelle Termo Judiciário.

Art. 2º – O Poder Executivofica autorisado a entrar
em acordo com o Governo Federal, a Madeira Mamoré Raylway Company e os
proprietarios de terras para a fundação immediata dapovoação, aproveitando na
medida do possivel, as obras do saneamento feitas alipor aquella companhia, e
abrir os créditos necessários à execução da presentelei.

Art. 3º – O primeiro governodo municipio será
constituido por nomeação do governador do Estado e o seumandato se extenderá
até 31 de Dezembro de 1916.

Manda, portanto, a todas asautoridades a quem o
conhecimento e execução desta Lei pertencer que a cumprame façam cumprir
fielmente.
O sr. secretario do Estado a mande imprimir, publicar e correr.

Palacio do Governo, emManáos, 2 de Outubro de 1914.

Dr. Jonathas Pedrosa.

Publicada
a presente Leinesta Secretaria do Estado, aos 2 dias do mez de Outubro de 1914.

Na manhã de domingo, 24 de janeiro de 1915, foi
instalado o município de PortoVelho, assumindo o governo municipal o Major de
Engenharia do Exército Fernando Guapindaia de Souza Brejense, maranhense
(1873-1929), juntamente com os 05 intendentes (vereadores).A primeira
eleição ocorreu emdezembro de 1916 sendo eleito o baiano Joaquim Augusto
Tanajura(1878-1941).

ALei 5839
de 21 de setembro de 1943 define a cidade de Porto Velho como acapital do
Território Federal do Guaporé.

O nome Porto Velho

As dificuldades de construção e operação de umporto
fluvial, em frente às pedras  da Cachoeira de Santo Antônio, fizeramcom
que os construtores e armadores utilizassem um porto localizado a 7 km ajusante
do rio, em local muito mais favorável. Era chamado por alguns de “porto
velho dos militares” fazendo referência a um ponto de apoio eestratégico
deixado pelo exército brasileiro durante a Guerra do Paraguai(1864-1870) quando
o Imperador D. Pedro II mandou um pelotão da guarda imperialpara a proteção da
fronteira em Santo Antônio, com receio de uma invasãoboliviana
simpatizante da questão paraguaia. A Guerra acabou e ficouum ponto
logístico conhecido como “Porto Velho dosMilitares”. 
 

Porto
Velho sempre despertou e desperta interesses, no passado foi uma cidade
cosmopolita quando atraiu mais de 50 nacionalidades na época da construção da
Estrada de Ferro Madeira-Mamoré.

Trecho extraído da Revista Você S/A da Editora
Abril de julho de 2011. “Já em Porto Velho, capital de Rondônia, a construção
civil continua sendo o destaque, onde as contratações aumentaram no ano
passado. Foram gerados 15.200 empregos nos canteiros de obras, sobretudo por
causa da construção das hidrelétricas deSanto Antônio e Jirau, no Rio Madeira.
As usinas são as principais obras, porém, o aquecimento da construção civil é
geral. O setor imobiliário cresce apassos largos”.

Junho de
2012 marca o início de um grandioso e ousado empreendimento na cidade, entra em
operação  a  Empresa (Amazon RCP –  MDM PET) do grupo MDM –
Dydyo, a primeira indústria de reciclagem de Rondônia. Segundo o gerente
industrial Fábio Eduardo Amancio a empresa  se torna importante para o
estado de Rondônia em especial Porto Velho, neste momento por participar
diretamente nas mudanças locais que aqui estão acontecendo, contribuindo com a
população local e as demais, criando novas perspectivas devida para centenas de
pessoas direta e indiretamente, ajudando de forma geralno crescimento de todo o
estado.

Porto
Velho é importante para o grupo MDM, por ser uma terra promissora, que esta
empleno desenvolvimento e que apóia e acredita nas empresas locais. Devido a
essa enorme gratidão, a MDM PET foi instalada em nossa capital, sendo uma forma
de agradecimento, gerando também desenvolvimento social, econômico e ambiental
para a população local e as demais.

Para o
economista, pesquisador e apresentador do Programa Viva Porto Velho e Porque
Hoje é Sábado Anisio Goraybe, Porto Velho nesses 98anos de criação, tem se
mostrado como uma cidade das mais acolhedoras desse país. Excluindo a grande
São Paulo, nossa capital é uma das cidades que tem o maior número de
nordestinos se forem comparados proporcionalmente com a população nativa. Todos
que aqui chegaram e chegam ainda hoje são muito bem recebidos, afinal este é um
estado de oportunidades e sua capital não podia ser diferente. Para mostras
essa aceitação, temos um prefeito paulista e um governador goiano. Toda nossa
bancada federal é oriunda de outros estados.Porto Velho e porque não dizer o
estado de Rondônia é ou não uma terraacolhedora. Parabéns Porto Velho pelos 98
anos e obrigado por tudo…

Quero
apresentar dois personagens que ainda fazem parte da história de Porto Velho:

Raimundo
Cantuariamaranhense (1882-1949) seringalista, comerciante e que da nome a um
dos maisimportantes logradouros  da capital,localização da ciclovia

Francisco
José ChiquilitoCoimbra Erse ou simplesmente Chiquilito amazonense (1949-2001)
foi o político mais popular da cidade, foi deputado federal e prefeito e da
nome a importante Avenida localização do Shopping Porto Velho – antiga Rio
Madeira

Professor Ruzel Costa da RedeEstadual de Ensino
Escola Madeira-Mamoré, Centro Educacional Objetivo, FaculdadeFARO e Colégio
Interação em Porto Velho.Foto: http://fotosdaamazonia.blogspot.com.br

 

Está gostando do conteúdo? Compartilhe!

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Ao clicar em "Aceitar" você concorda com o uso dos cookies, termos e políticas do site.
Skip to content